• Educação

    Renegociação é Possível: Veja Como Quitar Dívida

    A maioria dos estudantes possuem dúvida sobre a forma de negociar a dívida do Fies. Na realidade a renegociação Fies é possível. No entanto, depois de concluir o curso o estudante não pode custear as prestações do financiamento. Ele apresenta o direito de fazer uma reavaliação da dívida. Com a renegociação Fies é possível fazer uma nova forma de pagamento e garantir parcelas mais acessíveis e um prazo maior de quitação.

    Renegociação FIES é Possível?

    O estudante depois de realizar a inscrição Fies pode garantir este benefício somente se o contrato tiver sido formado até do dia 14 de janeiro.

    Deste modo a renegociação é aceitável somente depois do período de amortização do financiamento.

    Mas antes de saber como quitar é preciso saber que o Fies é dividido em três partes:

    1. A primeira tem relação com os pagamentos de juros de financiamento. Neste caso a taxa é de R$150 e o estudante precisa pagar a cada três meses;
    2. A segunda fase começa depois que o aluno concluiu o curso. Com duração de 18 meses este período é conhecido como carência;
    3. A terceira fase é a amortização. Ela começa depois do período de carência e tem relação com o pagamento das prestações.

    Como característica os pedidos de renegociação são solicitados somente na última fase do financiamento estudantil (na amortização I e II).

    Ainda é preciso que o valor da prestação seja superior a R$100 e quem possui dívida também pode solicitar a renegociação.

    Passo a Passo Renegociação FIES – Como Quitar Dívida

    Para quitar sua dívida, confira o procedimento abaixo:

    • Entre na página do SisFies Aluno e complete os campos com suas informações para fazer um novo login. Após será enviado para o seu e-mail um link de confirmação.
    • Depois de clicar no link o usuário será redirecionado para uma página. No site é possível ter acesso às informações do financiamento. Com isto o aluno pode ver a quantidade de parcelas e as prestações e valores.
    • Nesta mesma página é possível fazer a simulação da renegociação do FIES. O usuário pode definir a data de pagamento, valor a ser pago e o novo prazo de quitação de dívida.
    • Depois de definir o modo de pagamento, aperte em “gravar”;
    • Para firmar o pedido de renegociação, o site deve exibir os documentos para impressão;
    • Entre os documentos deve ter: Documento de Regularidade para Alongamento de Amortização e Declaração de Desistência ou Inexistência de Ação Judicial. Lembrando que todos precisam ser assinados.

    Ainda os documentos pessoais dos beneficiados do FIES e fiador é indispensável.

    O estudante não pode esquecer-se de levar na agência bancária: Carteira de Identidade (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF), Comprovante de residência (estudante e fiador) e Comprovante de renda do fiador.

    Por fim não se esqueça de ir ao banco responsável pelo financiamento com toda documentação. É obrigatório que o fiador esteja presente.

    A dívida do FIES Prescreve?

    A dívida fica disponível até que seja feito o pagamento de todas as parcelas conforme contrato. Deste modo, o estudante que deixa de pagar pode ter o seu CPF no SERASA.

    Ainda é preciso lembrar que a renegociação permite que o prazo de amortização I e II do financiamento seja triplicado para diminuir as parcelas. Com isto o prazo de pagamento do FIES é maior e as parcelas ficam mais baixas.

    A renegociação Fies é possível, porém, não é aprovada depois que ocorre a ampliação do prazo de pagamento. Ou ainda quando as prestações são menores que R$100. Isto também é válido quando o prazo de alongamento sugerido for menor ou igual a seis meses.

  • Benefícios

    Quais benefícios adicionais de benefícios sociais durante a gestação

    O Bolsa Família é um programa do Governo Federal exclusivo para a população brasileira de baixa renda. Não pode receber o benefício quem realmente não precisa dele. Dentre os grupos a receber assistência especial do programa estão as gestantes e lactantes com benefícios adicionais do Bolsa Família 2019 durante a gestação. Saiba mais!

    Quais os benefícios adicionais do Programa durante a gestação?

    As gestantes com uma renda mensal entre R$ 0 e R$ 85 e até R$ 170 podem receber um complemento a mais de renda para ultrapassar esse período extremamente importante. Durante a gravidez a futura mãe pode requisitar do Bolsa Família uma ajuda de custo com duração máxima de 9 meses no valor de R$ 85 por pessoal.

    O Bolsa Família entende que durante a gravidez o benefício isolado familiar não é o suficiente para ajudar na nutrição necessária para mãe e criança. Pensando nisso criou um benefício mais apenas de direito da gestante e não estendido a seus parentes ou dependentes.

    O chamado de Benefício Variável à Gestante é no valor de R$ 39. São pagas apenas novas parcelas consecutivas e depois o pagamento é suspenso.

    Para saber quando você terá direito a sacar o benefício, basta conferir o Calendário Bolsa Família 2019 e realizar o saque dentro do prazo, caso contrário você não terá direito ao benefício.

    Quem pode receber os benefícios adicionais durante a gestação?

    Podem receber o valor mensal em até nove parcelas as gestantes que se enquadrem nas demais normas do programa. Para isso é preciso estar na margem de renda considerada de extrema pobreza, com renda mensal familiar de zero a R$ 85 ou pobreza, com renda familiar de até R$ 190.

    Felizmente um valor pago não elimina o outro em muitos casos. A gestante pode receber a ajuda mensal do Bolsa Família por ser baixa renda e ainda solicitar o benefício como gestante. Contudo, a soma dos dois não pode ultrapassar R$ 195 para a família.

    Os requisitos para as gestantes são:

    • Estar cadastrada no Cadastro Único dos Programas Sociais do Governo Federal;
    • Comparecer às consultas de pré-natal dos postos de saúde ou hospitais de sua cidade;
    • Comparecer em atividade educativa do Ministério Público sobre aleitamento materno e alimentação saudável durante o período de gestação.

    Para se cadastrar no programa é só procurar os postos de cadastro na sua cidade. No geral são em prefeituras ou elas informam onde seria o local correto.

    Após o parto, lactante pode receber ajuda de custo também

    Após dar a luz a mãe pode voltar ao cadastro do programa e solicitar mais uma vez o benefício, mas agora para ajudar seu filho. O Bolsa Família para Nutriz fornece seis parcelas fixas no valor de R$ 39 para crianças de 0 a seis meses.

    Para isso é preciso ir ao local de cadastro do programa levando a certidão de nascimento da criança, documentos dos pais, comprovante de endereço dos últimos três meses e comprovação de renda.

    Em caso de informações falsas ou o surgimento de uma renda para a lactante o benefício é suspenso de pronto. Receber o Bolsa Família sem a necessidade dele é crime e a penalidade pode ir do pagamento do valor de volta com juros à prisão por entrega de documentos falsos.

  • Educação

    Vagas de Pós-Graduação com Bolsa de Estudos: Como Conseguir?

    Os cursos de pós-graduação são cada dia mais procurados, pois o mercado de trabalho tem exigido cada vez mais mão-de-obra qualificada. Entre os cursos de pós-graduação que atualmente tem mais procura no Brasil encontramos os MBA, com inscrições abertas para candidatos do Educa Mais Brasil 2019.

    Com sua sigla em inglês, MBA significa Master in Business Administration, ou seja, Mestre em Administração de Negócios. As inscrições para curso de MBA estão disponíveis pelo portal do Aluno Educa Mais, basta fazer a sua inscrição. São cursos que formam executivos nas diversas áreas dentro da administração como RH, finanças, contabilidade e marketing, existindo ainda para as áreas de economia, saúde, informática e outras que criaram o MBA para qualificar seus profissionais.

    Esses cursos no Brasil são considerados pós-graduações lato sensu, o que muitas vezes não dá diploma, mas apenas um certificado. Porém, mesmo não tendo valor de mestrado ou doutorado, os cursos do Educa Mais Brasil 2019 são cada vez mais procurados, pois além de darem ao profissional uma nova visão de mundo, os cursos proporcionam interação, influência e status, fatores que abrem as portas do mercado de trabalho, tendo em vista que a maioria das vagas neles existentes são preenchidas através de indicação, esses cursos são uma fonte de contatos onde estudam juntos alunos de diversas posições sociais, diversas experiências e com diferentes ciclos de amizades e contatos profissionais.

    Os cursos de MBA mais procurados são os referentes à área de administração, que dão ao profissional uma noção geral de empresa e de como lidar com seus mais diversos setores, ensinando ainda a adquirir postura de liderança e a formular estratégias para resolver os problemas ou criar situações favoráveis ao seu negócio. Para se inscrever no Educa Mais para MBA, é necessário ter curso superior completo.

    Esse tipo de curso tende a crescer ainda mais no país, pois o mercado necessita de profissionais com uma mente criativa, postura de líder e praticidade para exercer suas funções, profissionais que tenham a visão do mundo capitalista como ele é hoje e saibam agir a favor do lucro e outros resultados vantajosos para a empresa onde trabalha.

    Favorecendo a entrada no mercado de trabalho e ampliando os conhecimentos os cursos de MBA são perfeitos para quem procura aumentar as chances de emprego, fazer novos ciclos de amizades e novos contatos profissionais e adquirir sabedoria.